Franciscanas Missionárias de Nossa Senhora

Formação FMNS Colaboradores Canonização da Irmã Maria Rita Memórias e Testemunhos Pastoral Juvenil e Vocacional

Partilhe o seu testemunho/graça

Nome:
E-mail:
Assunto:
Mensagem:
Irmã Maria Rita de Jesus


Graças

lagares

3 dezembro 2014

Com muita satisfação venho partilhar convosco os meus sentimentos de gratidão para com a irmã Rita de Jesus, acreditando que lá do céu ela continua a escutar e a proteger-nos junto de Jesus Menino. Sempre tive muita confiança na sua intercessão e eis que chegou a hora da concretização desta minha confiança que quero partilhar convosco. Éramos uma família feliz embora a presença de uma menina, que sempre desejávamos, aumentasse a nossa felicidade. Gosto muito dos meus filhos, todos rapazes, mas a presença duma menina viria completar a nossa alegria. Com o conselho de uma minha tia fizemos uma novena à irmã Rita e foi bem visível a sua intercessão, pois que passados nove meses chegou a desejada menina. Foi tal o nosso reconhecimento que no batismo demos-lhe o nome de Rita em homenagem à sua grande e Santa Madrinha – Irmã Maria Rita de Jesus. Obrigada, Irmã Rita de Jesus.

M.H.Duarte rodrigues almeida - ovar

3 dezembro 2014

No dia 22 de Maio p.p., rezei a oração à Irmã Maria Rita de Jesus e pedi-lhe que me tocasse a mim e aos meus irmãos e que chegássemos a acordo sobre a divisão de bens, situação que se arrastava já há muito tempo. Nessa mesma tarde, o que parecia impossível aconteceu e tudo ficou resolvido nessa tarde. Sinto que devo isso à intercessão da Irmã Maria Rita de Jesus e, como tal, estou aqui a dar o meu testemunho. Obrigada Irmã Maria Rita de Jesus.

M.A.Monteiro

3 dezembro 2014

Por motivo de saúde recorri a pedir ajuda à Irmã Maria Rita de Jesus. Fui atendida, melhorei e agradeço-lhe muito reconhecida.

Irmã Cármen

3 dezembro 2014

Venho por este meio comunicar a graça recebida, depois de duas operações à coluna. A primeira operação correu mais ou menos bem mas já depois de ter tido alta a situação começou a agravar-se. Tive de ser hospitalizada novamente e ser submetida a nova operação cirúrgica. A fé, a esperança e a confiança em Deus Menino e na Sua Serva Irmã Maria Rita de Jesus nunca me faltaram. Como as coisas referentes à operação não estavam a correr como desejávamos, recorri ao Deus Menino e à intercessão da Irmã Maria Rita de Jesus. Fiz a noventa durante nove dias ao Menino Jesus e pedi a intercessão da Irmã Maria Rita de Jesus Sua Serva. Ao quinto dia comecei a melhorar e ao nono dia deixei de fazer penso. Vi nisto uma grande graça recebida. Depois de tanto sofrer, o Menino Jesus, por intercessão da Irmã Maria Rita de Jesus, ouviu-me. Agradeço esta dádiva tão grande vinda do Céu. O meu muito Obrigada.

Fátima Simões

10 maio 2014

Andava um pouco preocupada com alguns exames que tinha que fazer : uma colonoscopia e uma endoscopia. Recorri novamente à irmã Rita de Jesus, para interceder junto ao Menino Jesus, que estivesse tudo bem e, graças à sua intercessão, tudo estava bem. O meu obrigado à intercessão da Irmã Rita de Jesus

Irmã Maria da Glória Gonçalinho (FMNS)

10 maio 2014

Na situação difícil que acabo de atravessar, pedi à Irmã Maria Rita de Jesus que pedisse ao Menino Jesus que, se fosse da sua divina vontade, me ajudasse a recuperar e ficar boa. Para compreensão dos que me leem, tive um desmaio e uma queda pequena da qual resultaram fraturas no ilíaco. Feitos os exames averiguou-se haver metástases ósseas na zona sacroilíaca, resultantes de neoplasia vesical surgida há 17 anos. Fiz tratamento de radioterapia de que resultaram anemias graves a ponto de precisar de transfusões. Depois da radioterapia houve necroses ósseas nas articulações coxofemorais de que resultou a necessidade de fazer próteses totais bilaterais. A graça do céu nunca me faltou e, aliada ao esforço e força de vontade, bem como à fisioterapia que me foi pedida, trouxe o que considero o melhor resultado no presente da minha vida. Embora ainda com limitações, encontro-me a fazer a minha vida normal da qual faz parte a atividade de enfermeira responsável do serviço de internamento do Pavilhão de Nossa Senhora das Neves no Hospital de Santa Maria. Se tenho dirigido o meu pedido ao céu por intercessão da Irmã Maria Rita de Jesus é porque a conheci, e sempre acreditei que Deus a atendia. Ainda hoje conservo esta confiança, mas sempre com a abertura à vontade de Deus que procuro se realize sempre na minha vida.

Irmã Maria Benilde (FMNS)

10 maio 2014

Por dever de reconhecimento, sinto-me impelida a tornar público o seguinte: o meu estado atual de saúde muito se deve à intercessão da Irmã Maria Rita de Jesus. E vou referir-me apenas ao último acontecimento que me fez baixar ao Hospital de Santa Maria por alguns meses. Uma fratura patológica do colo do fémur exigiu uma intervenção cirúrgica à qual, embora ainda em recuperação, se tem seguido um restabelecimento muito satisfatório. A Irmã Maria Rita de Jesus sabe que nunca lhe pedi diretamente a minha cura. Entreguei-lhe, isso sim, a continuação da sua Obra e ela não tem deixado de ouvir a minha prece, pois vejo pessoas entregarem-se a esta causa com declarada paixão. Sei que são muitos os que intercedem em meu favor. A todos agradeço a amizade, o carinho tão bem expresso nas orações que dirigem ao Menino da Irmã Maria Rita de Jesus.

Maria A. Monteiro

10 maio 2014

Agradeço profundamente à nossa querida Irmã Rita a graça que me foi concedida. Por sua intercessão, um familiar meu conseguiu o emprego que tanto desejava. As orações que lhe dirigi foram atendidas.

Os meus cumprimentos.

Sónia

10 maio 2014

Com muita satisfação venho partilhar convosco os meus sentimentos de gratidão para com a Irmã Rita de Jesus, acreditando que lá no céu ela continua a escutar e a proteger-nos junto de Jesus Menino. Sempre tive muita confiança na Sua intercessão e eis que chegou a hora da concretização desta minha confiança que quero partilhar convosco. Éramos uma família feliz embora a presença de uma menina, que sempre desejávamos, aumentasse a nossa felicidade. Gosto muito do meu filho, mas a presença de uma menina viria completar a nossa alegria. Com o conselho de uma minha tia fizemos uma novena à Irmã Rita e foi bem visível a sua intercessão pois passados nove meses chegou a desejada menina. Foi tal o nosso reconhecimento que no batismo demos-lhe o nome de Rita em homenagem à sua grande e santa Madrinha – Irmã Maria Rita de Jesus.

Obrigada, Irmã Rita de Jesus. Desejamos ardentemente a sua beatificação.

Júlio

10 maio 2014

A “força” da Fé

Olá amigos, gostava de partilhar convosco uma pequena reflexão. Recentemente li um pequeno texto sobre a Fé (perdoem-me, mas não recordo o nome do autor…) em que ele referia a Fé como um dom espiritual e sobrenatural que a inteligência humana não consegue explicar, como aliás tanta coisa não se explica. Nesse pequeno texto a Fé é comparada a um novelo de fio… por vezes difícil de se lhe encontrar o início… Mas imaginem um contratempo comparável a uma gruta sem luz e bastante sinuoso e de difícil compreensão que vamos ter de atravessar/ultrapassar. Aí o novelo de fio… perdão, a nossa Fé, vai sendo desenrolado e, sem perdermos o local de entrada, temos uma segurança para encontrar a saída. Recentemente tive uma experiência à qual normalmente atribuímos o rótulo de “dia mais negro da nossa vida”, e penso que o rotulamos assim pois, nessas alturas, como na gruta repleta de escuridão, não conseguimos ver a luz. Nesse dia a sucessão de notícias menos boas foram-se acumulando e, num momento de solidão, enquanto esperava um exame de diagnóstico, não consegui orar, simplesmente pedi a uma amiga especial (Irmã Maria Rita de Jesus) que, a partir daquele momento, ficasse a meu lado. Caros amigos, o que me fez partilhar estes momentos convosco foi que, a partir desse momento, senti uma paz no meio daquele turbilhão que humanamente ainda hoje não consigo explicar, pois fiquei com a nítida sensação que alguém me acolheu no colo como uma Mãe que minimiza a dor e o sofrimento de um filho, com o calor e a luz do seu regaço. E esse dia que tinha começado sombrio (estava um dia de sol e eu de férias…) transformou-se num dia sereno, em que fui encarando todas as notícias com a maior serenidade. Durante todo esse tempo alguém esteve sempre comigo… Acabei o dia, bastante longo, no bloco operatório e encontro-me a lutar todos os dias com toda a força e alegria para superar mais etapas. A minha razão de partilhar convosco esta passagem é para que tenham fé genuína e não a ponham em causa no primeiro obstáculo, pois ela é como um farol que nos guia na escuridão da dor/provação.

Bem Hajam

Felismina

10 maio 2014

Venho agradecer ao Menino Jesus, por intercessão da Irmã Maria Rita de Jesus a graça que me concedeu, ter os pulmões a funcionar, pois houve tempos em que o médico notou que havia uma mancha num dos pulmões. Pedi a cura pela intercessão da irmã Rita através da oração publicada no boletim e hoje o médico diz que está tudo a funcionar bem.

Muito obrigada, Menino Jesus e irmã Rita de Jesus.

Rosa Maria Gonçalinho

10 maio 2014

Tive conhecimento da Irmã Maria Rita de Jesus através de uma irmã da mesma Congregação. Essa irmã tinha conhecimento de um problema que se estava a passar na minha vida. Tratava-se de duas pessoas de quem eu gostava e estavam de costas voltadas e isso já se arrastava há alguns anos… Longos anos para mim!! Tive curiosidade e fui conhecer. Senti-me muito bem perante o que tinha à minha frente e nunca mais me consegui desligar. Cada vez mais eu tinha vontade de a ir visitar chegando a passar bastante tempo a contemplar o seu jazigo – capela. A Irmã Rita conquistou-me, rendi-me aos seus “encantos”… e nunca mais a larguei a ponto de às vezes pensar que ela já está farta de me ouvir. Em todas as minhas visitas eu contava-lhe o que mais me entristecia, que era vê-los afastados um do outro. Um belo dia consegui levar lá um deles e enquanto a pessoa via as “luzes” que se refletem no mármore eu dizia: _ Oh Irmã Rita, é ele! Toque-lhe no coração! Passado pouco tempo levei lá duas outras pessoas e apresentei-as à irmã Rita e, claro, fiz o mesmo pedido: _ Oh Irmã Rita! É ela, a pessoa de que lhe falo, Junte-os! Rezamos à irmã Rita e ao Menino Jesus. A pessoa ficou emocionada e ao mesmo tempo encantada. Despedimo-nos da irmã Rita e viemos embora. O bom da história é que passado pouco tempo eu estava a visitar a irmã Rita no jazigo com eles, os dois juntos. Foi imensa a alegria, emoção e felicidade que toda a minha família sentiu, o que nos fez acreditar de coração no “poder” da irmã Rita junto do Menino Jesus. Foram várias as pessoas a quem divulguei a paixão da minha doce irmã Rita pelo seu real reizinho. Foi um nunca mais parar depois deste sonho que ela me concretizou.

Obrigada, irmã Rita

Fátima Dias

9 maio 2014

Quero agradecer mais uma vez a intercessão da Irmã Maria Rita de Jesus. Tive de fazer uma intervenção ao colo do útero. estava com muito receio que fosse alguma coisa má. Recorri à intercessão da Irmã Maria Rita de Jesus e, graças a ela, o Menino Jesus concedeu-me a graça de não ter nada de grave. Muito obrigada, Irmã Rita de Jesus.

Fátima Simões

9 maio 2014

Mais uma vez venho agradecer ao menino Jesus, por intercessão da Irmã Rita de Jesus, por mais graças recebidas aquando dos meus exames à mama e ecografia pélvica. estava com receio de alguma coisa menos boa mas, graças à intercessão da irmã Rita de Jesus ao menino Jesus, estava tudo normal. muito obrigada, Irmã Rita de Jesus.

Veja também:


Centro Social de Nossa Senhora das Graças Hospital de Santa Maria do Porto Escola Superior de Saúde de Santa Maria Colegio Luso-Francês Externato Santa Margarida Centro de Bem Estar Infantil e Juvenil do Coracao de Jesus Casa do Cruzeiro Colégio de Lourdes