Franciscanas Missionárias de Nossa Senhora

Formação FMNS Colaboradores Canonização da Irmã Maria Rita Memórias e Testemunhos Pastoral Juvenil e Vocacional

XII Capítulo Provincial

 início da sessão capitular foi às 9:00h com a leitura e aprovação da Ata, antecedida da invocação ao Espírito Santo. Às 10:00h, antes da eleição da Assistente Provincial foram lidas as mensagens de saudação enviadas ao Capítulo, vindas de comunidades de Portugal e do estrangeiro e também do grupo Giofrater e de membros da Família Franciscana. Aproveitamos este espaço também para as agradecer, bem como a oração e comunhão de muitos!

Passamos ao escrutínio. Ficou eleita a Ir. Aurora do Carmo Pereira – Assistente Provincial. Após o intervalo e troca de impressões, foi eleita a segunda Conselheira: Ir. Celeste de Sousa Catarino. Após o almoço às 15:00h. Foi a votação para a terceira Conselheira. Foi eleita a Ir. Ana Paula da Conceição e logo de seguida passou-se à votação da quarta Conselheira Provincial: Ir. Maria Goreti dos Santos Pereira.

Então a Superiora Geral chamou todas as Irmãs do Conselho Cessante: Ir. Adelaide Lopes, Ir. Conceição Vaz; Ir. Gravelina Alves, Ir. Glória Magalhães e Ir. Clara do Céu, bem como o novo Conselho Provincial para agradecer a quem terminou mandato e saudar a quem vai começar. Foi-lhes entregue o Novo Testamento de bolso, pois é na Palavra de Deus que deve assentar a nossa vida e missão. Demo-nos o abraço fraterno entre todas as presentes na sala capitular.

Às 17:30h o Capítulo voltou a reunir para esclarecimento de questões no que respeita a uma perspetiva de futuro trazida pela Superiora Geral e que tinha ficado à reflexão de cada capitular, isto por solicitação do Fr. Hermano Filipe, OFMCap, que em Timor, dirigiu o pedido da presença das FMNS naquele país –Timor, apresentou a realidade de lá e afirmou que podemos contar com a estreita colaboração dos Franciscanos Capuchinhos.

 Passou-se de seguida à votação livre e secreta desta proposta de futuro e de dinamismo missionário. Foi aprovada por unanimidade. Cada Irmã teve a possibilidade de dar resposta, por escrito da sua dissipabilidade, ou não, para esta nova missão. As respostas foram recolhidas e, sem ser conhecido quem tinha respondido ‘sim’ ou ‘não’, foram levadas para serem apresentadas a Deus no ofertório da Eucaristia pelas mãos de uma conselheira. Após o momento de Ação de Graças, estas respostas foram entregues à nova Superiora Provincial para serem registadas e tidas em conta nas decisões do novo Conselho Provincial. Esta noite foi de expansiva alegria.

 

 Após o jantar houve recreio bem animado e tão fraterno. Por tudo estamos agradecidas a Deus e umas às outras.

 

 
Ver outras notícias < Anterior Seguinte >
Centro Social de Nossa Senhora das Graças Hospital de Santa Maria do Porto Escola Superior de Saúde de Santa Maria Colegio Luso-Francês Externato Santa Margarida Centro de Bem Estar Infantil e Juvenil do Coracao de Jesus Casa do Cruzeiro Colégio de Lourdes